Muzambinho, 17 de junho de 2024

Brasil entrega à CBF e à FIFA Declaração Governamental que oficializa intenção de sediar a Copa de Futebol Feminino de 2027

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Documento é assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro do Esporte, André Fufuca. Acompanham a declaração sete garantias governamentais exigidas pela FIFA para os países que se candidatam a receber o Mundial

O Governo Federal entregou à CBF e à FIFA neste sábado, 4 de novembro, Declaração Governamental assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro do Esporte, André Fufuca, que oficializa a intenção do Brasil de sediar a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2027. Acompanham a declaração sete garantias governamentais exigidas pela FIFA para os países que se candidatam a receber o Mundial.

Os documentos foram entregues pelo ministro André Fufuca diretamente aos presidentes da CBF, Ednaldo Rodrigues, e da FIFA, Gianni Infantino, no Rio de Janeiro.

As garantias para a Copa Feminina, assinadas por diversos ministérios, abrangem as seguintes áreas:

1- Procedimentos de Vistos, Licenças, Imigração e Check-in;

2- Permissões de Trabalho e Lei Trabalhista;

3- Isenções Fiscais e Compromissos Cambiais;

4- Segurança e Proteção;

5- Proteção e Exploração dos Direitos de Competição;

6- Tecnologia da Informação; e

7- Renúncia, Indenização e outras Questões Legais.

Os documentos entregues à CBF e à FIFA são fruto de um Grupo de Trabalho Interministerial, coordenado pelo Ministério do Esporte, e composto por 23 ministérios. A CBF participou do GT na qualidade de convidada permanente. A expectativa é que a FIFA anuncie o país que irá sediar a Copa em maio de 2024.

A candidatura brasileira à sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino faz parte da atual política do governo de incentivo à participação cada vez maior das mulheres no futebol. O Ministério do Esporte lidera a Estratégia Nacional para o Futebol Feminino, com diversas ações que demonstram o comprometimento do Governo Federal com o fomento do protagonismo das mulheres no esporte e em todas as áreas.

 

(Secom)

Notícias Recentes