Muzambinho, 22 de maio de 2024

Coluna Minas Gerais (26 de Junho de 2021)

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Caeté pode ter tarifa zero

                       O prefeito Lucas Coelho anunciou seu projeto de adotar a “tarifa zero” no transporte coletivo municipal de Caeté. Ele revelou que vem fazendo muitas negociações e estudos, envolvendo a empresa Transcol, nossas secretarias de Administração, Fazenda e Procuradoria Jurídica, além do importante apoio dos vereadores da base de governo. Na negociação entre Prefeitura e a empresa, ficou fixado a concessão de um subsídio no valor de R$ 90 mil reais mensais, pelo período de até 6 meses, para cobrir o déficit apresentado pela concessionária, em decorrência da queda brusca de passageiros pagantes, devido à pandemia. (Jornal Opinião – Caeté)

 

CPI da Cemig tem comissão

                       A Assembleia Legislativa de Minas Gerais apresentou, na semana que passou, os deputados que vão compor a CPI da Cemig. Em requerimento, foi solicitada a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com a finalidade de investigar fatos denunciados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pela imprensa sobre práticas que podem ter causado prejuízos bilionários para a Cemig e para Minas. Um dos motivos para a abertura da comissão é a contratação de empresas de consultoria sem licitação. A CPI também vai investigar a transferência de atividades administrativas da empresa para São Paulo. (Blog do Madeira – Varginha)

 

Associação faz curso de vendas

                       Estão abertas as inscrições para o curso “Vendas Digitais: entendendo o mercado e as técnicas de vendas”, ofertado pela Una Divinópolis; instituição que integra a Ânima Educação, em parceria com a Associação Comercial de Divinópolis (Acid), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato da Indústria do Vestuário de Divinópolis (Sinvesd). Segundo a coordenadora do projeto, professora Pâmella Pugas, dentre os conteúdos abordados nas aulas, os participantes receberão noções de arquitetura de vendas, utilização de plataformas e redes sociais para negócios e estratégias para potencializar as vendas utilizando destas e outras ferramentas. (Portal Agora – Divinópolis)

 

Ações para minimizar poluição

                       Uma reunião promovida pela 4ª Promotoria de Justiça, no auditório do Fórum da comarca de Timóteo, definiu alguns encaminhamentos sobre a poluição atmosférica do regional Leste do município, informou o Executivo timoteense. A audiência foi conduzida pelo promotor de Justiça Tiago Tanure e contou com a presença da subsecretária de Meio Ambiente, Lucília Moraes, representando a Prefeitura de Timóteo; do presidente da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), Renato Brandão; de vereadores; de representantes dos empresários sediados no Distrito Industrial, da Polícia Militar de Meio Ambiente e de moradores da regional Leste. A Promotoria de Meio Ambiente estipulou um prazo de 20 dias para a apresentação de um documento no qual os empresários se comprometem a viabilizar esse estudo. (Diário do Aço – Ipatinga)

 

Valor de passagens será mantido

                       A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) divulgou o resultado da Mesa de Diálogo, instalada em abril, para discutir, estudar e buscar soluções para o transporte coletivo urbano na cidade. Ficou acordado entre os integrantes do grupo, que conta com representantes dos trabalhadores, do empresariado, da Câmara Municipal e da própria PJF, que a tarifa do transporte coletivo público  vai permanecer no valor de R$ 3,75 até o final de 2021. Além disso, foi garantida a manutenção dos postos de trabalho e a criação de um comitê gestor paritário e de um Fundo Municipal de Transporte. A PJF também se comprometeu a arcar com alguns custos do transporte público na cidade como forma de não onerar o usuário e manter o funcionamento do sistema. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Lafaiete tem liberdade econômica

                       O governador Romeu Zema cumpriu agendas de trabalho em Conselheiro Lafaiete na semana que passou. Ele se reuniu com prefeitos da microrregião e representantes do setor produtivo e, durante as agendas, a prefeitura de Conselheiro Lafaiete instituiu o decreto de liberdade econômica municipal, que tem como objetivo simplificar e desburocratizar o ambiente de negócios na cidade dentro do programa Minas Livre Para Crescer, do Governo do Estado. (Folha de Sabará)

 

MOC reabre licitação

                       A Prefeitura de Montes Claros reabriu a licitação para contratar empresa para avaliar os impactos econômicos e operacionais da pandemia da covid-19, referente ao contrato de concessão do serviço de transporte coletivo urbano, atendendo a demanda da Secretaria Defesa Social do Município de Montes Claros. A concessionária que explora o transporte coletivo urbano, discorda dessa licitação, pois alega que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais determinou desde o dia 16 de abril, conforme o desembargador Armando Freire, que o município fizesse o reequilíbrio financeiro e ainda fixou multa diária de R$ 100 mil pelo descumprimento. Os levantamentos das empresas apontam que os prejuízos acumulados são de R$ 22 milhões. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

 

(ASCOM)

Notícias Recentes