Muzambinho, 23 de maio de 2024

Curso de educação a distância sobre licenciamento ambiental é oferecido a 73 municípios

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

A segunda turma do curso de Educação à Distância (EAD) “Descentralização do Licenciamento Ambiental em Minas Gerais” demonstrou o interesse dos municípios mineiros na gestão ambiental. A capacitação promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), entre 26 de junho e 30 de julho, reuniu 135 gestores e técnicos de 73 municípios de diferentes regiões de Minas.

Foram aprovados 97% dos inscritos que concluíram o curso, que foi disponibilizado no Portal Trilhas do Saber. Quase 70% dos participantes tiveram aproveitamento superior a 90%.

A iniciativa faz parte das atividades executadas pela Semad para capacitar profissionais das administrações municipais no processo de preparação para licenciamento ambiental, em nível local. Neste caso, o EAD permitiu a interação facilitada entre a Diretoria de Apoio à Gestão Municipal (Dagem), da Semad, e os municípios que ainda não realizam o licenciamento, bem como aqueles que já estão com a atividade em execução.

“O trabalho contribui para ampliar o alcance da atuação da diretoria e fortalecer o trabalho de articulação com as cidades para implementação do licenciamento ambiental no nível municipal”, explica a diretora de Apoio à Gestão Municipal, Geovana Santos.

 

Participação

Do total de participantes, 131 obtiveram aproveitamento superior a 60% e foram considerados aprovados. Dos 73 municípios atendidos, 34 já assumiram a sua competência originária e podem realizar o licenciamento ambiental e outros 39 ainda não.

 

A avaliação do curso pelos participantes também foi positiva. 98% deles consideraram que a atividade foi totalmente relevante e útil para o seu trabalho. Outros 96% afirmaram que o curso contribui totalmente para a ampliação dos seus conhecimentos.

 

A qualidade do material foi elogiada por 87,12% dos alunos, que solicitaram sua disponibilização para uso cotidiano. 92,08% dos participantes consideraram que os recursos pedagógicos utilizados favoreceram totalmente o aprendizado

 

Do total, 75% dos participantes alcançaram totalmente o objetivo de aprendizagem. Os participantes que alcançaram parcialmente os objetivos sugeriram aumentar ainda mais a quantidade de vídeos explicativos, disponibilizar o conteúdo em outros formatos eletrônicos e aprofundar o conteúdo para os municípios que já assumiram a competência originária.

 

Geovana Santos explica que o curso é uma das estratégias da Semad para fomentar a descentralização do licenciamento ambiental. “A intenção é apoiar os municípios na realização de suas atribuições, buscando a realização de uma gestão ambiental no Estado de forma harmônica e eficiente”, observa.

 

(ASCOM)

Notícias Recentes