Muzambinho, 12 de julho de 2024

Dengue continua aumentando nas cidades da AMOG

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika (8/4)

Até 8/4, Minas Gerais registrou 940.294 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue. Desse total, 376.119 casos foram confirmados para a doença. Até o momento, há 179 óbitos confirmados por dengue no estado e 627 estão em investigação.

Em relação à febre Chikungunya, foram registrados 79.510 casos prováveis da doença, dos quais 53.004 foram confirmados. Até o momento, 28 óbitos foram confirmados por Chikungunya em Minas Gerais e 35 estão em investigação.

Quanto ao vírus Zika, até o momento, foram registrados 177 casos prováveis. Foram confirmados 16 casos da doença. Não há óbitos confirmados ou em investigação por Zika em Minas Gerais.

 

AMOG – Nas cidades da Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana, os números continuam em crescimento. Guaxupé lidera os casos de dengue com 3.350, seguido por Areado com 2.399 e Monte Santo de Minas com 1.322. Nas cidades, os casos ultrapassam 11 mil e já foram notificados 4 óbitos.

 

Confira o Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus da SES-MG (atualizado em 8/4/2024).

 

Por Jornalismo SES-MG

Notícias Recentes