Muzambinho, 12 de julho de 2024

DOENÇAS NEGLIGENCIADAS: Esforços em Saúde para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em Muzambinho

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O IFSULDEMINAS, através dos Professores Renato Aparecido de Souza e Fabrício Santos Rita, o Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP representado pelo Dr. Marco Andrey Cipriane Frade, e a Prefeitura Municipal de Muzambinho pela Coordenação da Professora Lucineide Queiroz, assumiram o compromisso no alcance na capacitação de toda a Atenção Primária do Município de Muzambinho no dia 02 de Julho de 2024.

O projeto intitulado “Eficiência do QSH e da avaliação neurodermatológica aplicados nos alunos do Ensino Médio do IFSULDEMINAS nas ações de busca ativa em hanseníase no Município de Muzambinho/MG”, representa uma importante ferramenta em Saúde Pública e uma importante estratégia na visibilização das Doenças Negligenciadas.

A hanseníase é uma doença crônica, caracterizada por manifestações neurológicas e dermatológicas, que levam a incapacidades, muitas vezes identificada em cursos de irreparáveis sequelas. É causada pelo Mycobacterium leprae, um bacilo caracterizado por apresentar alta infectividade e baixa patogenicidade, associada principalmente a desigualdades sociais e reduzido número de informações sobre este agravo.

As ações serão desenvolvidas por 12 meses, no Auditório do Campus, e contemplarão a capacitação de 44 Agentes Comunitários de Saúde (ACS), 09 Médicos e 11 Enfermeiros. O Cronograma de atividades apresenta a divulgação de conteúdos e ricas discussões acadêmicas em espaços teóricos e práticos dos envolvidos. Gerando resultado positivos em um curto espaço de tempo.

A Agenda 2030 é um movimento global, que promove o alcance de 169 metas, que abrangem as três dimensões do desenvolvimento sustentável – social, ambiental e econômica, reunindo 17 Objetivos do desenvolvimento Sustentável. Entre eles: ODS03-Assegurar uma vida saudável e promover bem-estar para todos, ODS04 – Assegurar educação de qualidade e promover oportunidades de aprendizagem para todos e ODS17- Parcerias e Implementação.

De acordo com o Diretor do IFSULDEMINAS – Campus Muzambinho, Renato Souza, “ A sáude e a educação são assuntos nobres e que precisam ser considerados com relevância e zelo, não apenas nos ambientes escolares, como também envolver a comunidade que está relacionada á elas diretamente”.

O momento contou com a Palestra do Prof. Dr. Marco Andrey, que destacou a importância dos ACS na ação de primeira fonte na Atenção Básica, “conhecer a realidade dos usuários e quantificar dados sobre a qualidade de saúde dos indíviduos, bem como os condicionates de vulnerabilidade, permite à academia e ao serviço de saúde, possibilidades de intervir em pról da saúde e da qualidade de vida dos moradores de Muzambinho.

O projeto terá novas etapas de realização e seguirá prestando importantes serviços á nossa comunidade. O Professor Fabrício Santos Ritá, destacou: “A hanseníase é uma doença imbuída de estigma, preconceito e desinformação, sendo a ciência e a comunidade, ingredientes necessários para resultar no diagnóstico precoce, monitoramento, e principalmente no conhecimento das causas de adoecimento das pessoas. Sendo uma oportunidade para o Campus, o município e a comunidade de aperfeiçoar o acesso aos serviços de saúde e à uma completa rede de Atenção Primária”.

Fonte: Fabrício Santos Ritá MTE 22.440/MG

Notícias Recentes