Muzambinho, 12 de julho de 2024

Governo firma acordo para criar sistema digital de Processamento de Autos de Infração

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Acordo firmado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e o Instituto Estadual de Florestas (IEF) e a iniciativa privada vai permitir o desenvolvimento do Sistema de Processamento de Autos de Infração totalmente digital. A ação faz parte do Projeto Estratégico do Governo de Minas que tem como diretriz garantir a melhoria e o aumento da oferta dos serviços ambientais, por meio da modernização dos processos, inovação em tecnologia e simplificação para os usuários dos serviços.

 

Inicialmente, serão aplicados R$ 400 mil no desenvolvimento do sistema. O recurso será pago pela empresa integrante à iniciativa e é fruto de medida de compensação atribuída pelo cometimento de infração ambiental. O valor será investido diretamente na contratação de serviço de desenvolvimento de software, englobando o desenvolvimento de sistema para processamento de autos de infração, contendo módulo para implementação do Programa Estadual de Conversão de Multas Ambientais, criado pelo Decreto nº 47.772 de 2020.

 

A criação do sistema de processamento de autos de infração digital é essencial para possibilitar a modernização e a informatização dos processos administrativos de autuações. O processamento de autos de infração, se feitos de forma eletrônica, possibilitará, dentre outros benefícios, a redução do tempo de processamento dos autos de infração; transparência; redução do custo operacional; viabilização do parcelamento das multas impostas com maior celeridade; elaboração de base de dados para garantir maior capacidade de atuação estratégica, além da adoção de políticas públicas ambientais melhor fundamentadas.

 

O acordo judicial que resultou na obrigatoriedade do pagamento foi homologado neste mês de agosto, entre o empreendedor responsável pela infração, a Semad e o IEF, com aquiescênciada Advocacia Geral do Estado (AGE). O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) também é signatário do acordo, que abordou o inquérito civil instaurado. Por intermédio do acordo celebrado, o empreendedor também se comprometeu a realizar o pagamento integral da multa simples, devidamente atualizado, determinada no auto de infração.

 

PROCESSOS CONCLUÍDOS

 

Para a superintendente de Controle Processual da Semad, Vanessa Hilário, diversos avanços foram obtidos no processamento dos autos de infração nos últimos anos, o que resultou na elevação do volume de processos concluídos. Esse avanço é resultado da melhoria de fluxos, do aprimoramento de procedimentos, da realização de alinhamentos constantes entre todos os atores envolvidos e da modernização de normas.

 

“A criação de um sistema de processamento de autos de infração mais moderno e adequado às necessidades atuais é essencial para que possamos diminuir o tempo de tramitação dos processos. Certamente, a implantação do sistema irá se somar a todas as medidas para otimização do processamento já adotadas na Semad. O novo sistema eliminará gargalos gerados pela tramitação dos processos em meios físicos, permitindo que estes sejam concluídos de forma mais ágil, com mais segurança e com maior transparência”, explicou.

 

Além disso, a superintendente ressaltou que a conclusão de processos administrativos permite que as medidas atinentes ao exercício do poder de polícia sejam efetivadas, garantindo o resultado útil da ação da fiscalização, com a concreta tutela dos recursos ambientais para as presentes e futuras gerações.

Notícias Recentes