Muzambinho, 9 de maio de 2024

Lázaro Barbosa é morto em confronto com a polícia após resistir à prisão

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Ronaldo Caiado fez anúncio da captura em sua conta no Twitter, e morte foi confirmada logo depois

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, confirmou que Lázaro Barbosa, o “serial killer do DF”, foi capturado na segunda-feira (28). Ele foi baleado e morreu após confronto com a polícia. A caçada ao criminoso durou 20 dias.

“Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do país, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, escreveu o governador no Twitter. 

Lázaro foi visto na noite de domingo (27) na casa da ex-mulher em Águas Lindas de Goiás. A polícia foi até o local e tentou negociar a rendição do suspeito de matar ao menos cinco pessoas nos últimos 20 dias, entre elas uma família de quatro pessoas. Lázaro, no entanto, conseguiu escapar por um matagal.

A mulher foi levada para a delegacia sob suspeita de acobertar o ex. Outras duas pessoas foram presas na última semana por suspeita de contribuir na fuga do criminoso. Um fazendeiro de Goiás o manteve em sua propriedade por cinco dias.

Operação

Uma força-tarefa foi montada para procurar Lázaro Barbosa. Mais de 200 homens foram envolvidos na operação, que contou com o apoio de drones, helicópteros e cães farejadores.

 

(BRUNA CARMONA – O TEMPO)

Notícias Recentes