Muzambinho, 12 de julho de 2024

Mineiros ignoram alerta dos médicos e esgotam vagas em pousadas para o feriado prolongado

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Mesmo com as categóricas recomendações médicas para conter abusos e ficar em casa no feriado prolongado, evitando o contágio da Covid-19, a busca por destinos turísticos é grande em Minas. A maioria dos hotéis e pousadas – em cidades tradicionalmente procuradas por quem busca descanso ou diversão – está com ocupação esgotada ou prestes a ficar sem vagas. Em alguns locais, a diária durante o recesso passa dos R$ 700.

Os espaços que fornecem hospedagem garantem que todas as medidas sanitárias estão sendo seguidas. Dentre elas, o uso de no máximo 50% das acomodações. Mesmo assim, o movimento deve ser intenso, como na Serra do Cipó, na Grande BH. A previsão é de cachoeiras cheias na região, a menos de 100km da capital. Em ao menos três das principais pousadas de Santana do Riacho, não há mais vagas para turistas. 

 

(Marina Proton e Luiz Augusto Barros – Hoje em Dia)

Notícias Recentes