Muzambinho, 12 de julho de 2024

MINISTRO DA EDUCAÇÃO INAUGURA OBRAS DO CAMPUS UFLA PARAÍSO

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O ministro da Educação Milton Ribeiro – acompanhado do secretário de Educação Superior Wagner Vilas Boas de Souza, inaugurou na sexta-feira, 03, os primeiros prédios do Campus da Universidade Federal de Lavras – UFLA, em São Sebastião do Paraíso, em cerimônia que aconteceu no campus da universidade em Lavras, que também ganhou importantes obras.

 

O ministro foi recebido pelo reitor, professor João Chrysóstomo de Resende Junior, em evento que contou com a presença de lideranças, como o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles – que coordenou como deputado federal a destinação de recursos para a implantação do campus; do deputado estadual Antônio Carlos Arantes, do presidente da Câmara Municipal de Paraíso, Lisandro Monteiro., e do secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Cícero Barbosa.

 

Focado em engenharias para a inovação e tecnologia e com aulas confirmadas para ter início em 2022, foram inaugurados oficialmente no campus Paraíso o pavilhão de salas de aulas, os galpões de logística, laboratórios, incubadores de empresas; além de quadra esportiva e campo de futebol. Outras obras estão em andamento, como o edifício de engenharias e a biblioteca.

 

A cerimônia foi prestigiada pelo corpo dirigente da Universidade, e contou ainda com a presença do diretor de Base de Alto Rendimento da Secretaria Especial do Esporte – Ministério da Cidadania, Luiz Roberto de Moraes Duarte; da prefeita de Lavras, Jussara Menicucci; da ex-prefeita paraisenseMarilda Melles, do vereador José Luiz das Graças.

 

CURSOS

 

De acordo com a Ufla, os cursos iniciais em São Sebastião do Paraíso serão em áreas de tecnologia e inovação, ofertando 180 vagas para engenharia elétrica, engenharia de produção, engenharia de software, bacharelado interdisciplinar em Ciência, Tecnologia, e Inovação; e mestrado profissional em Tecnologias para a Agroindústria. No Campus estão sendo investidos recursos do Ministério da Educação que somam R$ 32 milhões. Outros R$ 26 milhões são estimados com o valor da área e infraestrutura que foram cedidos à universidade.
(Ascom )

Notícias Recentes