Muzambinho, 22 de maio de 2024

Morangos produzidos pela Agricultura Familiar conquistam clientes pela qualidade em Muzambinho

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

A familia do seu Atilio produz moranguinhos há mais de 28 anos. Ele, a esposa e os filhos cuidam de 5 mil metros de plantação. A produção abastace os mercados de Muzambinho, Nova Resende e Juruaia. O sustento e o formação dos filhos saiu da venda dos frutos. Agora é o filho Leonardo Martins que passou a gerenciar a produção. Isto porque com a pandemia, o seu curso de veterinária na Universidade Estadual de Londrina tornou-se on-line. “Voltei a estudar aqui no sitio e ajudar meus pais, uma atividade que cresci fazendo. Só que antes eu gostava mesmo é de comer os frutos, hoje tenho um cuidado com cada uma da plantas”, diz Leonardo.
Como a planta é delicada e exige constante cuidados, a cobertura oferece um pouco de proteção principalmente aos passarinhos que invadem na época de alta produção.
Dona Tiana mostra como é feita a colheita, com a escolha dos frutos mais graúdos que fazem a diferença para a freguesia. “Eu e o Atilio construímos uma vida, uma família juntos e temos em cada pé de moranguinho uma luta e uma vitória. Estudamos nossos filhos, uma médica, um veterinário e um engenheiro que mora na França. Realizamos nossos sonhos com a plantação do morango. Não é fácil, mas estamos realizados”, diz dona Tiana Martins.
E a luta da família não foi fácil, como revela o sr. Atilio. “No inicio não foi nada fácil e para fazer a venda dos moranguinhos era preciso contar com a solidariedade dos vizinhos que davam carona para mim. Agora, depois de 28 anos a situação está bem melhor. A plantação está em terras próprias. Como o moranguinho é colhido no mesmo dia que é entregue para os consumidores, as vendas tem conquistado cada vez mais clientes”, disse sr. Atilio.
Para o futuro, os planos da família é investir em turismo de experiência como ocorre nos Estados Unidos, onde o cliente faz a própria colheita.

FEIRA – Para conferir a produção, é só passar na feira livre de Muzambinho aos sábados para experimentar os famosos moranguinhos do sr. Atilio.

(V.V.)

Notícias Recentes