Muzambinho, 22 de maio de 2024

Novo decreto em Guaxupé determina fechamento de todo o comércio nos finais de semana

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O Comitê Municipal de Enfrentamento à Pandemia da COVID-19, após várias  reuniões e ouvido o Presidente da ACIG deliberou sobre novas medidas de prevenção conforme o Decreto  Municipal 2.392 que valerá a partir de terça-feira, dia 8, até o dia 21/06.  O Decreto poderá ser alterado a qualquer  tempo caso haja alteração nas diretrizes do Programa Estadual Minas  consciente.

Foi analisado o cenário em que há o colapso no sistema de saúde da micro e  macrorregião de Saúde Pública de Guaxupé, com superlotação de leitos tanto clínicos quanto de UTI.  

Além disso, a incidência de casos positivos, capacidade de atendimento e a  velocidade de avanço da doença coloca a microrregião, que compreende 8 municípios, no maior grau de risco conforme as diretrizes do Programa Estadual  Minas Consciente.  

Foi destacada, ainda, a elevada quantidade de registros de denúncias,  atendimentos, notificações e autuações da Guarda Civil Municipal em relação ao  descumprimento dos protocolos de segurança sanitária, notadamente a  ocorrência de festas e reuniões familiares aos finais de semana.  

Entre as principais medidas estão:  

1. Fechamento de todo o comércio aos finais de semana (sábado e  domingo);  

2. Proibição da venda de bebidas alcoólicas por “delivery” nos finais de  semana;  

3. Determinação às Indústrias para implementar sistemas de escalas,  revezamento de turnos e alterações de jornadas (“home office”), para  reduzir fluxos, contato e aglomeração de trabalhadores;  

4. Multa triplicada para quem descumprir a proibição de realizar festas  particulares;  

5. Funcionamento de toda a atividade comercial e prestação de serviços de  segunda a sexta-feira das 5h às 20h mediante entrega no local com portas  entreabertas e barreira física impedindo o acesso do consumidor ao  interior do estabelecimento;  

6. Permissão de funcionamento todos os dias da semana aos Postos de  Combustíveis, Drogarias, Farmácias, estabelecimentos de Saúde e  Clínicas Veterinárias (emergência), respeitados os protocolos sanitários;  

7. Permissão de funcionamento aos estabelecimentos de alimentos  (supermercados, mercados, padarias, hortifrutigranjeiros, açougues apenas de segunda a sexta-feira das 5h às 20h com no máximo 30% da  capacidade;

Continuam proibidos de funcionar: salões de beleza e clínicas de estética; cabeleireiros e barbearias; manicures e pedicures; feira livre; bares e similares; comércio ambulante de qualquer natureza; templos religiosos; academias de ginástica, dança, condicionamento físico e similares; autoescolas; cursos de capacitação, idiomas, extensão e similares; lava-jatos; clubes de recreação e lazer; prática de esportes em geral, incluindo as praticadas em vias públicas; turismo, aluguel de casas, chácaras, ranchos e afins; eventos festivos públicos e particulares; utilização de parques infantis, quadras esportivas e praças públicas; propaganda volante e distribuição de propaganda em geral.

(Correio Sudoeste)

Notícias Recentes