Muzambinho, 24 de julho de 2024

Polícia Militar prende autor de homicídio consumado em Poços de Caldas

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

No dia 08 de novembro, às 06h50min, na cidade de Poços de Caldas/MG, a Polícia Militar foi acionada e compareceu à Rua Pará, Bairro Centro, para verificar denúncia de encontro de cadáver, que foi achado carbonizado em um terreno. No local a equipe policial, com base em depoimentos de testemunhas, identificou a vítima, sexo masculino, 48 anos. O autor do crime, sexo masculino, 31 anos, que estava na residência da vítima, foi visto por vizinhos colocando fogo no terreno, por volta de 02h40min e depois adentrou o imóvel. Diante da situação foi necessário arrombar a porta da residência, com a captura do autor, que de imediato confessou o homicídio. O autor narrou que saiu do presídio faz um ano e que possuía relacionamento amoroso com a vítima há aproximadamente 04 anos. Narrou que no dia 07/11/2023, passaram todo o dia juntos e que ao anoitecer a vítima disse a ele que queria usar crack, pois ambos são usuários. Diante da negativa do autor, iniciou-se uma discussão. A vítima saiu para comprar a droga e o autor ficou em casa, ingerindo bebida alcoólica. Após a chegada da vítima, os dois fumaram uma pedra de crack e a vítima ficou muito alterada, iniciando-se nova discussão, momento em que o autor desferiu um chute na vítima, vindo ela a cair ao chão e bater a cabeça. Com medo da família da vítima, tendo em vista que a vítima ficou desorientada, o autor iniciou uma sequência de chutes na cabeça dela, com intuito de matá-la. Como a vítima ainda se mexia, o autor resolveu acender uma fogueira no quintal, com a utilização de fósforo e papelão, arrastou a vítima para as chamas e utilizou um objeto, similar a um alteres, feito de cimento, para desferir golpes na cabeça da vítima, enquanto ela estava na fogueira, informando ainda que jogou um sofá sobre o corpo. Depois ele entrou e fechou a porta. O autor foi preso, encaminhado à UPA para atestar sua integridade física e posteriormente encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. A Perícia Criminal foi acionada e compareceu ao local, onde realizou os trabalhos de praxe, com liberação do corpo para a funerária municipal. 

(Agência Local de Comunicação Organizacional do 29º BPM)

Notícias Recentes