Muzambinho, 23 de maio de 2024

Prefeitura de Poços de Caldas entrega mais 25 lotes no Dia Nacional da Habitação

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Mais 25 famílias inscritas no Plano Municipal de Habitação foram contempladas com lotes remanescentes dos loteamentos Vila Matilde, São Sebastião I e Jardim Esperança III, na zona sul do município. A assinatura dos contratos foi realizada no Ginásio Poliesportivo Juca Cobra, no último sábado – 21 de agosto – Dia Nacional da Habitação.

O Dia Nacional da Habitação foi criado em homenagem à aprovação da lei do Sistema Financeiro de Habitação e da criação do Banco Nacional da Habitação (BNH). “É a realização de um sonho, a gente estar saindo do aluguel e conquistando a casa própria”, destacou a vendedora Rafaela Cristina, uma das contempladas.

Esses 25 lotes se somam aos 31 recentemente sorteados na Vila Matilde e aos 634 apartamentos já entregues pela Prefeitura, nos Residenciais Vale dos Pinheiros e Sonho Dourado I e II, dentro da meta de mil unidades habitacionais construídas até o final da gestão do prefeito Sérgio Azevedo. “Foram quase dez anos que a cidade ficou sem distribuir nenhum terreno e entregar nenhuma unidade habitacional. No nosso mandato, resgatamos isso, com um recorde absoluto entre as cidades do mesmo porte no Brasil inteiro”, ressaltou o prefeito Sérgio Azevedo, que acompanhou a reunião técnica operacional para assinatura dos contratos.

“Eu não esperava, estou muito agradecido a Deus por ter dado essa oportunidade na minha vida. A minha mulher está nessa luta faz 32 anos e nunca foi felizarda, mas agora, graças a Deus, estamos aqui para compartilhar esse presentão”, comemorou o carpinteiro, Carlos Donizeti.

“No Dia Nacional da Habitação é importante poder contemplar mais 25 famílias já pertencentes ao Plano Municipal de Habitação, algumas há mais de 30 anos que, nesta data, realizam a assinatura dos contratos para seus lotes habitacionais, nos quais farão, na modalidade de autoconstrução, as suas tão sonhadas casas próprias”, enfatizou o secretário municipal de Promoção Social, Carlos Eduardo Almeida.  

 

Contemplados

Os convocados foram sorteados entre as pessoas regularmente inscritas no Programa Municipal de Habitação Popular, que manifestaram interesse junto ao Departamento de Habitação, dentro dos critérios estabelecidos na Lei Municipal n°. 8.314/2006, como renda familiar máxima de até cinco salários mínimos, residência mínima de cinco anos no município, não ter sido contemplado anteriormente no Plano Municipal de Habitação e não possuir imóvel, entre outros. Os convocados receberam em concessão lotes subsidiados pelo programa habitacional do município para autoconstrução com recursos próprios.

 

(Ascom)

Notícias Recentes