Muzambinho, 23 de maio de 2024

Trio é preso por cárcere privado em clínica de Elói Mendes

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em ação conjunta com o Ministério Público e a Polícia Militar, cumpriu, na quinta-feira (15/7), um mandado de prisão preventiva em desfavor de um suspeito, proprietário de uma clínica de reabilitação, na zona rural de Elói Mendes, no Sul de Minas. 

Em fiscalização realizada no dia 30 de junho, foi constatado que os internos eram mantidos em condições degradantes e em situação de cárcere privado, sendo que os mesmos foram resgatados e acolhidos pelas famílias.

No trabalho investigativo, foi constatado que pelo menos seis internos já haviam retornado ao centro terapêutico. As vítimas relataram que foram sequestradas por funcionários da clínica e levadas à força ao local com apoio dos seus familiares.

Na ação, três investigados que trabalhavam na clínica foram autuados em flagrante pelos crimes de sequestro e cárcere privado triplamente qualificado (vítima maior de 60 anos, privação da liberdade superior a 15 dias e provocação de grave sofrimento físico e moral) e integração de organização criminosa.

A prisão preventiva foi representada e os suspeitos encaminhados ao sistema prisional.

Um quarto indivíduo também foi conduzido à delegacia pelo crime de embaraço à atividade fiscalizatória, sendo liberado após os procedimentos legais.

(ASCOM-PCMG)

Notícias Recentes