Muzambinho, 12 de julho de 2024

Cabo Verde recebe homenagem durante Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora, em Brasília

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

A Sala Mineira do Empreendedor de Cabo Verde, no Sudoeste do estado, foi destaque na final do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE), realizada na terça-feira (11/6), em Brasília (DF). O município foi homenageado por ter sido um dos finalistas, representando Minas Gerais na etapa nacional do Prêmio.

Ao todo, 240 projetos de todo o país disputaram em dez categorias. Cabo Verde chegou à final nacional com o projeto “Sala Mineira de Cabo Verde: um hub de cultura empreendedora”, mas não conquistou a premiação. O local oferece suporte gratuito para que donos de pequenos negócios tenham acesso às informações sobre abertura e formalização de empresas, melhoria da gestão dos negócios e exigências legais para funcionamento.

A analista do Sebrae Minas Lucilene Pessoni conta que a homenagem foi recebida em um momento no qual o município está construindo sua trajetória, pensando no desenvolvimento da cidade. “Atuamos nos três principais negócios do Sebrae: Suporte Econômico, Desenvolvimento Territorial e Educação Empreendedora. Estamos muito felizes em colaborar para o reconhecimento de Cabo Verde no Prêmio Prefeitura Empreendedora”, diz.

O secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Cabo Verde, Júlio César de Sousa, participou da cerimônia e destaca que o local é o principal agente transformador do município. “A parceria entre poder público, setores econômicos e Sebrae Minas provocou muitas mudanças. A comunidade está engajada para assuntos relacionados ao desenvolvimento econômico da cidade”, ressalta.

 

Capacitação
Entre as melhorias proporcionadas pela criação da Sala Mineira está a elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico, construído por meio do Programa Agenda DEL, do Sebrae Minas, junto com vários setores da economia local. O espaço também se tornou Hub e passou a desenvolver programas como o Varejo +, uma iniciativa do Sebrae Minas para aumentar as vendas e capacitar os donos de pequenos negócios do varejo, com capacitações sobre técnicas de atendimento ao clientes, estratégias comerciais e gestão. Ainda foi ofertado o programa Prepara Gastronomia, que oferece suporte empresarial, estratégias e ferramentas gerenciais para empreendimentos de alimentação fora do lar.

A presença da Sala Mineira em Cabo Verde ainda contribuiu para motivar a criação da Associação Comercial. “A cultura da cooperação desencadeada após a inauguração da Sala nos favoreceu. Conseguimos realizar um sonho de mais de 20 anos”, conta a presidente da entidade, Izadora Ferreira.

Os produtores de café especiais de Cabo Verde também são atendidos pelo espaço com consultorias para a melhoria do produto por meio do projeto Sebraetec Boas Práticas Agrícolas, que tem o objetivo de melhorar o processo produtivo pré e pós colheita e aumentar a produtividade e a qualidade do grão, gerando mais lucro. Os produtores ainda participaram de uma visita técnica à Semana Internacional do Café, a maior feira do setor na América Latina, ocorrida em 2023, em Belo Horizonte.

 

Formação empreendedora
A Sala Mineira de Cabo Verde ainda oferece cursos de capacitação para os professores da rede municipal de ensino, por meio do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) do Sebrae. Um dos projetos foi a criação da ‘Horta Mandala’, uma estrutura de produção com cultivo de diversas plantas e tem apresentado excelentes resultados econômicos e sociais para pequenos produtores rurais.

 

Sobre o PSPE
O Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE) visa conhecer, reconhecer, valorizar e disseminar as boas práticas das gestões públicas municipais de estímulo ao empreendedorismo e aos pequenos negócios. São avaliadas as iniciativas que transformam o ambiente de negócios nos diferentes territórios do Brasil, trazendo mais facilidade e incentivo aos empreendedores

O PSPE reconhece e dissemina boas práticas de gestão pública municipal que geram impactos positivos para microempreendedores Individual (MEI), Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP), Agricultores Familiares, Produtores Rural, Pessoa Física, Artesãos, e Empreendimentos Econômicos Solidários, por consequência, para o desenvolvimento econômico local.

Em mais de 20 anos de premiação, o Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora, antes conhecido como Prêmio Prefeito Empreendedor, já recebeu mais de 11 mil inscrições e premiou mais de mil práticas, que serviram de exemplo e deram orgulho para a população dos municípios brasileiros.

(ASCOM /  Thiago Carvalho)

Notícias Recentes