Muzambinho, 22 de maio de 2024

O SABOR DE UMA MANHÃ e a arte de viver

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Aqui meu irmão, a manhã é coisa preciosa. “Ela é jóia do Xá, retina do mar, de olhar verde jade derramante, abriu-se Sésamo em mim”. Iniciar uma manhã assim com a Jade do cantor, violonista e compositor mineiro João Bosco, é estimulante nas manhãs de inverno e viver a vida simplesmente. É preciso viver e viver não é brincadeira não. Mas meu carinho te procura para dizer: bom dia! É como ter a motivação das manhãs de domingo em todos os dias da semana. Já viram como as manhãs de domingo são mais bonitas? Só perdendo para as manhãs Setembro quando este vier com alegria, sem essa tal de ‘pandemia’. Acordar bem cedo e receber um bom dia da pessoa mais próxima ou do amigo durante a caminhada diária ou ainda de alguém que estamos com saudades. É. São pequenos detalhes como estes que fazem toda a diferença na vida e logo pela manhã ao raiar dos dias friorentos, mas que nos enche de vontade de prosseguir. O novo dia fica maior para procurar nosso norte, caminhando e pensando em atingir as metas do dia. Assim como o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza. Bom dia novos tempos, outros desafios. A arte de viver bem a vida está em transformar todo dia em um novo e lindo dia, basta querer. Sabem por que é tão difícil viver bem a vida? Por que viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe, segundo o influente escritor, poeta e dramaturgo irlandês Oscar Wilde.

Fernando de Miranda Jorge

Acadêmico Correspondente da APC

Jacuí/MG – e-mail: [email protected]     

Notícias Recentes