Muzambinho, 22 de maio de 2024

RECOMEÇAR é preciso coragem

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Não sei a princípio como seria recomeçar. Mas se pegarmos com o filósofo, poeta e antropólogo Fernando Pessoa, já é um avanço e um bom incentivo. Vejamos: Se perderes um amor… Não te percas! Se encontrares… Segure-o! Rodeia-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais… É nada! E, daí para frente? Coragem! Coragem? Sim. “Coragem, é a primeira das qualidades humanas, garantia de todas as outras”. Esta é do notável filósofo grego Aristóteles. Olhem bem: “Saber o que é correto e não o fazer, é falta de coragem”. Esta aqui é do pensador político da China, Confúcio. Agora que estamos encorajados, tentemos recomeçar e vejam que nada jamais continua. Tudo é recomeçar. Ainda que recorrer a mais um para o texto, a do músico, dramaturgo e escritor brasileiro Chico Buarque: O que será ser só/ Quando outro dia amanhecer?/ Será recomeçar?/ Será ser livre, será querer?/ É. Ah! Não posso deixar de fora deste contexto, a poetisa e contista Cora Coralina: Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras faz doce, recomeça. Estão vendo como é fácil? Portanto, recomeçar sim, e não fique pensando que tudo desmoronou qual nada! Faça como o cantor e compositor Raul Seixas: não pense que a sua cabeça agüenta se você parar, não pare. Tente outra vez… Recomece. Coragem.  

 

Fernando de Miranda Jorge

Acadêmico Correspondente da APC

Jacuí/MG – e-mail: [email protected]       

Notícias Recentes