Muzambinho, 24 de julho de 2024

TJMG celebra parceria com Estado para ampliação de videoconferências

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
IMPRIMIR
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Equipamentos serão instalados em unidades do sistema prisional

 

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, reuniu-se nesta segunda-feira (30/8) com o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, com o secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, e com o secretário-geral de Minas Gerais, Mateus Simões.

O superintendente do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo (GMF) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Júlio Cézar Gutierrez, e o superintendente adjunto administrativo, desembargador José Arthur Filho, acompanharam o encontro.

O presidente Gilson Lemes afirmou que é necessário ampliar o número de equipamentos para realização de videoconferência, em unidades prisionais, principalmente aqueles utilizados para audiências de custódia. “Nós vamos firmar parceria com Estado para realizar essas audiências de forma mais célere e econômica”, disse.

O governador Romeu Zema disse que o TJMG tem sido parceiro na execução de iniciativas lideradas pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais. “Desta vez, solicitamos o apoio do Tribunal de Justiça para adquirirmos, inicialmente, 190 equipamentos de videoconferência para instalação em unidades do sistema prisional mineiro. Também buscamos parceria para instalar câmeras portáteis nos uniformes de policiais para tentar conter eventuais desvios de conduta, abusos de autoridade e violência policial. Tivemos resposta positiva do Tribunal de Justiça para os pedidos encaminhados”, disse.

O secretário Rogério Greco afirmou que virtualizar as salas de audiência nos presídios traz ganhos tanto para o Poder Executivo quanto para o Poder Judiciário. “Evita-se o deslocamento dos detentos e facilita o trabalho dos juízes que podem marcar várias audiências durante o decorrer do dia”.

Sobre o sistema de câmeras nos uniformes dos policiais, segundo o secretário, o objetivo é adotar o novo sistema no início de 2022.

 

(ASCOM)

Notícias Recentes