Muzambinho, 12 de abril de 2024

Em paz

Ninguém sabe de onde ele veio. O fato é que quando apareceu na cidade já tinha seus trinta e poucos anos. Chegou, como diz o outro, com uma mão na frente e outra atrás. A única bagagem era uma velha mala, daquelas bem antigas, cheia de livros. Por falta de ter onde dormir, encontrou um […]

Nada como um dia atrás do outro

Depois de um ano e meio trabalhando em home office, estou voltando gradualmente ao trabalho presencial. É muito bom ter esta sensação de que a normalidade, aos poucos, parece estar voltando. Mas é importante termos em mente que é apenas uma sensação mesmo, porque a vida normal, como a conhecemos antigamente, ainda não voltou. O […]

Carga Pesada

Por esses dias a paralisação dos caminhoneiros provocou uma corrida aos postos de gasolina. Todo mundo enchendo o tanque, com medo de um desabastecimento geral. Vi algumas imagens das manifestações, inclusive com grevistas impedindo a passagem de caminhoneiros que queriam continuar trabalhando, e percebi que a maioria dos caminhões parados eram de transportadoras. O motorista […]

A vitrola e o toca fitas

Outro dia comprei um rádio para o carro. Parece esquisito, porque hoje todos os veículos saem de fábrica já equipados com modernos e potentes sistemas de som, mas o carro em questão é um Corcel fabricado em 1976 e, portanto, desprovido dessas tecnologias. E nessa busca por um rádio, que fiz pela Internet, tive algumas […]

A vacina da esperança

  Depois de certa idade, e muitas experiências na vida, a gente acaba encarando com certo conformismo coisas que nos chocariam, tempos atrás. Mas mesmo assim, tem coisas que me tiram do sério. Mesmo que vivesse quinhentos anos, ainda assim não entenderia nem aceitaria certas atitudes de certas pessoas. Como aceitar que, em pleno século […]

O pingado e o forrobodó

  Nestes tempos de pandemia a palavra ‘saudade’ se tornou uma companheira constante e fiel. Saudade dos pais, dos irmãos, dos tios, dos amigos, da escola, do trabalho, da academia, das caminhadas, das viagens, dos bares, dos passeios, dos restaurantes, das compras, da feira, do culto, da missa, das festas, das pescarias, do truco, dos […]

O tio Nargino

  A nossa vida, apesar de curta, nos permite muitas oportunidades. As melhores, eu acho, dizem respeito às relações humanas. Como é bom conhecer pessoas e aprender com elas. Pois, para o bem ou para o mal, todas nos ensinam algo. Nós melhoramos, como pessoas e cidadãos, quando observamos e assimilamos os bons exemplos que […]

A eterna geada negra

Enquanto escrevo, ouço lá fora o barulho da chuva que cai desde ontem, sem parar. É uma chuva fina e constante. Abençoada. Depois de uma longa e penosa estiagem, ela vem para diminuir a secura do ar, abaixar a poeira e molhar as plantas. Mas traz, junto com ela, a expectativa de um frio congelante. […]

O jardim de Florêncio

Ainda não era quatro da manhã quando Florêncio abriu os olhos, sentiu o ar gelado entrando pelas narinas e saiu debaixo das cobertas. Que diabo de frio era aquele, ele pensou, enquanto acendia o fogão de lenha que, em breve, iria lentamente aquecer a cozinha com paredes altas e teto sem forro. A casa fora […]

Vai um ovo choco aí?

Qual é o seu prato preferido? A resposta pode variar de pessoa para pessoa mas uma coisa é certa: essa lembrança quase sempre está ligada às nossas memórias afetivas. Muita gente, quando responde, se lembra de um prato sofisticado que, na verdade, nem faz parte do dia a dia. Poucos se referem àqueles triviais, que […]